Olá Divas.

Faz exatamente 2 anos e 6 meses que moro no Japão, e até hoje eu não havia feito um vídeo mostrando meu apartamento.



Então, chegou a hora.

Seja bem vinda ao meu lar doce lar.


Ficou curiosa com algum detalhe que eu não mostrei?

Escreve aqui nos comentários que teri o prazer de fazer um vídeo mostrando um pouquinho mais.

Beijinhos

Descobrir sua missão de vida pode ser simples

Olá Divas.

Comecei recentemente me envolver com livros que falam sobre PNL e me apaixonei, sabe aquele momento que sem querer você descobre uma pequena luz no fim do túnel? É isso que estou sentindo a cada nova informação que tenho a respeito da PNL.



Eu estou apenas iniciando nesse caminho, então pra mim tudo é muito novo, mas o pouco que aprendi já me ajudou a dar um minúsculo passo, ainda e muto pouco eu sei, mas para quem estava completamente paralisada, mover um milimetro já faz uma diferença enorme.

Quero fazer um vídeo falando sobre isso, mas preciso de um pouquinho mais de tempo para realmente ir colocando em pratica.

Por enquanto, quero compartilhar a maior descoberta que fiz nessa jornada: Descobrir nossa missão de vida é muito mais simples do que imaginamos.

Sim, pode confiar em mim, descobrir sua missão de vida pode ser simples, o difícil é o que vem depois, mas sobre isso conversaremos neste vídeo que fiz.

Vem comigo.


Se preferir assistir direto no youtube, clique aqui - Descobrir sua missão de vida pode ser simples

Agora me conta, encontrar sua missão de vida é ou não é simples?

Beijinhos

Um jardim esquecido

Olá divas.

Sabe aquele momento que você lê um post de alguém que faz você relembrar de coisas importantes na sua vida? Aconteceu comigo esta semana.

O post em questão era esse - 10 dicas de hobbies para você escolher - do blog Equilíbrio e vida da Angélica Diniz.

Eu não estava exatamente atrás de dicas sobre como escolher Hobbies, mas é incrível como as vezes um texto que parece não ter muita relação com aquilo que estamos pensando no momento toca nosso coração.

Primeiro veio a tristeza pelo texto me lembrar de quantas coisas eu gostava de fazer e acabei simplesmente abandonando, esquecidas em algum canto. O que me fez sentir como um jardim esquecido, com flores que um dia foram lindas e hoje estão murchas e ressecadas pela falta de cuidado. Sim, é dramático, mas é como eu me vi por dentro após ler o post.

Abandonei a fotografia e hoje minha fotos n]ao refletem mais a mensagem que quero passar, a dança e hoje perdi o ritmo e os movimentos leves, as atividades físicas e hoje não tenho força nem resistência, o violão e hoje não sei tocar nem parabéns pra você, o blog e hoje esta sem conteúdo e fotos bonitas, a leitura e hoje começo e paro mil livros, os quebra-cabeças e hoje nem lembro mais que eles existem, os vídeos e hoje mal consigo gravar 5 minutos de algo prazeroso de assistir, e mais outras tantas coisas que minha mente já nem lemba que me deixavam feliz.


Quando alguém me pergunta o que eu gosto de fazer, quais são meus Hobbies, a resposta é sempre: Não sei mais o que gosto de fazer

Mas, olhe para mim, olhe para quantas coisas eu abandonei, não é possível que elas não façam mais parte de mim, e que não possam mais fazer meu jardim interno florescer.

Claro que hoje terei que optar, pelo pouco tempo, mas sim, posso aos poucos voltar a reviver uma de cada vez e me sentir bem novamente.

É por isso que amo ler, a leitura me faz olhar para as coisas com uma nova perspectiva, e graças a esse texto relembrei de muitas coisas que me faziam sorrir.

Só posso sentir gratidão por este post.

Beijinhos
imagem-logo